Quinta-feira, 19 de Abril de 2007

Retratos falados

 

Com a devida vénia ao Alexandre de Sousa, reproduzo, adaptando, o texto que segue, publicado no blog DIÁRIO DE UM POLÍCIA MILITAR.

 

A FALA DE UM POLÍCIA

“Muito bem, Senhor Cidadão, creio que o senhor já me rotulou. Acredito que me enquadro perfeitamente na categoria em que o senhor me colocou. Eu sou estereotipado, padronizado, marcado, corporativista e sempre bitolado. Infelizmente, a recíproca é verdadeira. Eu não vou, porém, rotulá-lo. Mas, desde que nascem, os seus filhos ouvem que eu sou o papão, e depois o senhor fica chocado quando eles se identificam com o meu inimigo tradicional, o criminoso!

O senhor acusa-me de contemporizar com os criminosos, até que eu apanhe um de seus filhos em alguma falta.

O senhor é capaz de gastar uma hora para almoçar e interrompe o serviço para tomar muitos cafés por dia, mas me considera um vagabundo se paro para tomar uma xícara.

O senhor orgulha-se de ser refinado, mas nem pisca quando interrompe as minhas refeições com os seus problemas.

O senhor fica fulo se o fecham no trânsito, mas se eu o pegar na mesma coisa é perseguição.

O senhor conhece todo o Código da Estrada, mas nunca traz os documentos obrigatórios.

O senhor acha um abuso quando me vê conduzir em alta velocidade para atender uma ocorrência, mas trepa pelas paredes se eu demoro dez segundos para atender uma chamada sua.

O senhor acha que faz parte do meu trabalho se alguém me agride, mas diz que é truculência da Polícia se eu devolvo uma agressão.

O senhor nem sonha dizer ao seu dentista como arrancar um dente, ou ao seu médico como extirpar o seu apêndice, mas está sempre a ensinar-me como aplicar a lei.

O senhor quer que eu o livre dos que metem o nariz na sua vida, mas não quer que ninguém saiba disso.

O senhor brada pelo combate ao crime, mas fica furioso se é envolvido num processo.

O senhor não vê utilidade na minha profissão, mas certamente a achará valiosa se eu trocar um pneu furado a sua esposa, ou conduzir o seu menino no banco de trás do carro patrulha, ou, talvez, salvar a vida do seu filho com uma respiração boca-a-boca, ou trabalhar muitas horas extra procurando a sua filha que sumiu.

Assim, Senhor Cidadão, o senhor pode levantar-se e sair, criticar e enfurecer-se com a maneira como executo o meu trabalho, dizendo todos os nomes feios possíveis.
Mas não esqueça que a sua propriedade, a sua família e até a sua vida dependem de mim e dos meus colegas.
Sim, Senhor Cidadão, eu sou um Polícia!!!”

Diz a lenda que o autor deste artigo, o agente Mitchel Brown, da Polícia Estadual de Virgínia (EUA), morreu em serviço dois meses depois de o escrever
publicado por Zé Guita às 11:22
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Mário Relvas a 21 de Abril de 2007 às 02:13
Um texto magnífico.

Caros amigos tenho andado muito ocupado, mas virei cá sempre que tenha um bocadinho.

Obrigado pelo vosso comentário no Aromas!

Abraço e bom fim de semana

Mário Relvas


Comentar post

.mais sobre mim: ver "Zé Guita quem é"

.pesquisar

 

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. COMPETIÇÃO OU COOPERAÇÃO ...

. DESORGANIZAÇÃO E DESORDEM

. DIA DA INDEPENDÊNCIA NACI...

. A SOCIEDADE ESPECTÁCULO

. ECONOMICISMO, OPINIÕES E ...

. LEITURAS - 2ª Edição

. APROXIMAÇÃO À MATRIZ

. MAIS QUESTÕES CANDENTES

. LEITURAS!!!

. QUESTÕES CANDENTES

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Portal dos Sites

.publog

.Comunidade

Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post