Sábado, 23 de Junho de 2007

ESPAÇO SOCIAL E RURBANIZAÇÃO II

MUDANÇA ACELERADA EM PORTUGAL

            Tem vindo a acontecer, por um lado, que a industrialização e as migrações provocaram uma expansão acelerada do urbanismo, com o desenvolvimento de duas grandes cidades de nível europeu e a formação de algumas outras grandes cidades, a transformação de vilas em cidades e bem assim a multiplicação de espaços suburbanos, tudo isto acompanhado por um forte abandono dos campos e das aldeias no interior do País; por outro lado, que a introdução de novas tecnologias e mesmo de alguma industrialização na agricultura, acompanhada pelo rápido desenvolvimento dos meios de transporte e de comunicação e pelo acesso a melhores níveis de educação, saúde, conforto e aos mais actualizados bens de consumo, tornaram possível uma certa modernização da vida no espaço social rural, implicando a adopção neste dos modelos urbanos. Para a rápida e efectiva propagação destes modelos, em termos de comunicação, tem sido fulcral a influência da televisão. 

            Acresce que a cada vez mais forte terciarização da população activa portuguesa tem vindo a transformar-nos rapidamente numa sociedade pós-industrial. Em poucas décadas, a sociedade rural do início do século modificou-se profundamente, predominando agora a ocupação no sector dos serviços e continuando em fase de mudança social acelerada, mas encontra-se ainda longe da média europeia.

            Ao fenómeno do urbanismo, que continua em marcha, seguiu-se e está em forte progresso aquilo que alguns sociólogos identificam pelo designativo de processo social de "rurbanização", isto é, a mudança no espaço social anteriormente rural, ocasionada principalmente pela adopção rápida e extensa dos modelos do espaço social urbano.

            Portanto, são já minoritárias e tendem a perder expressão em termos quantitativos as manchas tipificáveis como espaço social rural. Neste mesmo sentido, pode dizer-se que Portugal inclui actualmente duas áreas metropolitanas, com grandes concentrações urbanas e suburbanas, numerosas áreas urbanas em desenvolvimento, e um espaço restante que na sua quase totalidade se encontra em processo acelerado de rurbanização.

sinto-me: convicto.
publicado por Zé Guita às 09:05
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Paulo sempre a 24 de Junho de 2007 às 03:31
Dodavia ainda existe um certo espaço social rural que tende a desaparecer. A labuta rural, nalgumas zonas, ainda permite o canto das cigarras ainda que, de certa maneira, meio urbanizado.
Esta "sinfonia" lembra estórias e histórias antigas de textos épicos, de ensinamentos censurados, ditos e provérbios, que ora são esquecidos quando se ouvem do alto dos palanques e púlpitos, certas figuras a dizer que para aquelas bandas já não há ninguém...apenas o "deserto".

obrigado pela visita.


De Zé Guita a 24 de Junho de 2007 às 03:57
Caro Paulo Sempre
A visita não é para agradecer... é um gosto.
No mesmo sentido, é um gosto recebê-lo no Securitas.
Quanto ao espaço social rural "resídual" típico, considero que deve merecer toda a atenção. Não só porque a natureza tem horror ao vazio, mas também por que as populações ou os indivíduos restantes são dos mais carenciados de apoios efectivos.
Saudações


De Wagner Guerra a 24 de Junho de 2007 às 07:31
Olá Luiz. Convido o amigo a conhecer meu blog de jornalismo policial, aqui em São Paulo/BR.

Modus Operandi
www.wguerra.blogspot.com
Email: wagnerguerra@yahoo.com.br


Comentar post

.mais sobre mim: ver "Zé Guita quem é"

.pesquisar

 

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. COMPETIÇÃO OU COOPERAÇÃO ...

. DESORGANIZAÇÃO E DESORDEM

. DIA DA INDEPENDÊNCIA NACI...

. A SOCIEDADE ESPECTÁCULO

. ECONOMICISMO, OPINIÕES E ...

. LEITURAS - 2ª Edição

. APROXIMAÇÃO À MATRIZ

. MAIS QUESTÕES CANDENTES

. LEITURAS!!!

. QUESTÕES CANDENTES

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Portal dos Sites

.publog

.Comunidade

Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post