Sexta-feira, 13 de Julho de 2007

APROXIMAÇÃO CONCEPTUAL II

Recorrendo a outra fonte, com não menor validade que o “velho” Porto Editora e suficientemente prestigiada, o Dicionário Prático Ilustrado, da Lello e Irmão Editores, encontramos:

MILITAR – adj.. Relativo à guerra, à milícia, às tropas: a vida militar. s. m .Aquele que faz parte do exército. Soldado.

MILITARIZAR – Dar organização ou feição militar a: militarizar a polícia. Tornar militar.

MILÍCIA – s. f. Vida ou disciplina militar; funções militares. Exercício da guerra. Força militar de um país. Pl. Corpos de tropas de segunda linha que auxiliavam os de primeira em caso de guerra. Guarda nacional.

SOLDADO – s. m. Militar que recebe um soldo, pago pelo soberano ou pelo país a cujo serviço está. Qualquer homem que pertence à classe militar. Fig. Aquele que toma a defesa de uma causa.

TROPA – s. f. Aglomeração de gente. Qualquer conjunto de soldados; os soldados: Pl. Corpos militares.

Mais consultas do mesmo género, demonstram que o termo militar não tem um sentido geral e claramente unívoco no que respeita a ser atribuído em exclusivo aos componentes das Forças Armadas, isto é Exército, Armada e Força Aérea. Nota-se mesmo uma certa alteração com a idade das fontes em causa.

Ao longo dos tempos e das mudanças sociais, têm vindo a debater-se e feito correr muita tinta conceitos divergentes de militar, militarizado e para-militar. Tal não é de espantar se tivermos em conta que a língua é uma realidade viva, dinâmica, em evolução. Assim, numa abordagem sociológica, sobre os factos tal como existem, não podemos deixar de ter em conta um conceito alargado de “militar”, não exclusivo das Forças Armadas.    

publicado por Zé Guita às 16:20
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim: ver "Zé Guita quem é"

.pesquisar

 

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. COMPETIÇÃO OU COOPERAÇÃO ...

. DESORGANIZAÇÃO E DESORDEM

. DIA DA INDEPENDÊNCIA NACI...

. A SOCIEDADE ESPECTÁCULO

. ECONOMICISMO, OPINIÕES E ...

. LEITURAS - 2ª Edição

. APROXIMAÇÃO À MATRIZ

. MAIS QUESTÕES CANDENTES

. LEITURAS!!!

. QUESTÕES CANDENTES

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Portal dos Sites

.publog

.Comunidade

Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post