Sexta-feira, 21 de Setembro de 2007

RECORDAR PIRRO

Para Aníbal, Pirro era o 2º maior general da História (que ele conhecia), sendo o maior o famoso primo de Pirro, Alexandre o Grande.

... as legiões romanas enfrentariam as falanges gregas.

(Pirro)... derrotou os Romanos na Batalha de Heracleia devido à sua superior cavalaria e aos seus elefantes de guerra. Morreram 7 mil soldados romanos e 4 mil soldados de Pirro. Após a vitória, ofereceu aos romanos um tratado de paz, rejeitado por estes.

Pirro acampou para passar o Inverno e, no ano seguinte (279 AC) ... Enfrentou então o exército romano perto de Asculum ... Os exércitos eram numericamente semelhantes (40 mil em cada lado) e os Epirenses tinham os seus 19 elefantes de guerra e os Romanos 300 dispositivos anti-elefantes (carros equipados com longas pontas afiadas e puxados por bois para ferirem os elefantes, potes inflamáveis para os assustarem e tropas especiais para atingirem os elefantes na tromba com lanças para os afastarem).

A Batalha de Apulum durou 2 dias, durante os quais os dois exércitos se defrontaram. No fim, tinham morrido 6 mil soldados romanos e 3 500 soldados de Pirro (incluindo muitos dos seus aliados e amigos). Foi uma vitória grega a muito custo.

Foi após esta batalha que Pirro declarou:

«Mais uma vitória destas e estamos perdidos!»

Pirro tentou mais uma vez uma invasão à Itália romana em 275 AC, mas foi derrotado na Batalha de Beneventum. Derrotado voltou à Grécia, conquistou militarmente a Macedónia e depois atacou Esparta a pedido de um pretendente ao trono espartano. Enfrentou grande resistência e, ao entrar na cidade de Argos, foi morto nas estreitas ruas da cidade.

 

Excertos colhidos em Cognosco - Diário das pequenas descobertas da vida:  Kara victoria.

publicado por Zé Guita às 12:13
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Paulo sempre a 23 de Setembro de 2007 às 16:52
Obrigado pela visita.
A minha geração, para além de «rasca» é, também, "amargurada"....
Concordo com o princípio de Parménides de Eleia quando este diz: " A realidade é unicamente o ser".
Portanto, só o «ser» existe; o «não-ser» não existe, nem pode existir, nem pode vir a existir. E, segundo ele, não se podia sair deste pensamento. Ficam assim expressos, no fundo, o princípio da identidade e da contradição.

Desde que Zenão de Cítio (336.a.c), fundou o «estoicismo» da moral da renúncia e do esforço, que o homem se «entrega» a reflectir sobre o modo de parecer o que não é. Mas..entre mortos e feridos alguém há-de escapar....
Ter mais uma "estrela na mão" e deixá-la fugir não é própriamente a derrota numa batalha é, isso sim, perder a "guerra". A vingança, por norma, nestas situações, não se faz esperar e serve-se fria.
Os que sonhavam com estrelas, esses viram o sonho a descomandar-lhe as espectativas. Resta agora saber que preço vão pagar os que viviam sob o comando de tais criaturas.

Abraço


De Paulo sempre a 26 de Setembro de 2007 às 14:30
digo, expectativas. (isto no comentário anterior)


Agra:
Obrigado pela visita lá no meu "cantinho".
Recordando Eça de Queiroz, 1867 in "O distrito de Évora":
«ORDINARIAMENTE" todos os ministros são inteligentes, escrevem bem, discursam com cortesia e pura dicção, vão a faustodas inaugurações e são excelentes convivas. Porém, são nulos a resolver crises. Não têm a austeridade, nem a concepção, nem o instinto político, nem a experiência que faz o ESTADISTA. É assim que há muito tempo em PORTUGAL são regidos os destinos políticos. Política de acaso, política de compadrio, política de expediente. País governado ao acaso, governado por vaidades e por interesses, por especulações e corrupção, por privilégio e influência de camarilha, será possìvel conservar a sua independência?»

Agora que passaram 140 anos, depois destas palavras, que alterações se verificaram?

Abraço
Paulo


De Barão da Tróia a 26 de Setembro de 2007 às 16:18
...de vitória em vitória até à derrota final...
Ilustra bem o estado em que isto está, boa semana


Comentar post

.mais sobre mim: ver "Zé Guita quem é"

.pesquisar

 

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. COMPETIÇÃO OU COOPERAÇÃO ...

. DESORGANIZAÇÃO E DESORDEM

. DIA DA INDEPENDÊNCIA NACI...

. A SOCIEDADE ESPECTÁCULO

. ECONOMICISMO, OPINIÕES E ...

. LEITURAS - 2ª Edição

. APROXIMAÇÃO À MATRIZ

. MAIS QUESTÕES CANDENTES

. LEITURAS!!!

. QUESTÕES CANDENTES

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Portal dos Sites

.publog

.Comunidade

Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post