Sábado, 3 de Fevereiro de 2007

Tempo de Vésperas III

     O já referido estudo do Instituto de Relações Internacionais debruça-se, em análise comparativa dos sistemas de Segurança Interna, sobre os casos de quatro países da EU, França, Espanha, Bélgica e Áustria. E constata que o sistema francês tem realizado reformas, mas mantendo intacta a dualidade policial; que o sistema espanhol tem conhecido importantes reformas que também não põem em causa a dualidade; que na Bélgica e na Áustria se têm verificado profundas reformas, aparentemente bem sucedidas, de sentido global convergente na ruptura com o modelo dual francês, instituindo uma polícia unificada.

     A este propósito, Zé Guita comenta:

- A França, matriz do dualismo policial, em processo de modernização acentuada, não muda de convicção.

- Aos países referidos poderia ser junto o caso da Itália, onde o dualismo também predomina.

- A Áustria, sendo um país com dimensão próxima é, porém, uma sociedade muitíssimo diferente da nossa, quer em termos culturais quer sociais quer organizacionais. Soluções que tenham êxito naquele país são altamente duvidosas no nosso, embora haja que lhes prestar atenção.

- A Bélgica é um caso especial, a cujo exemplo há que prestar muita atenção. Apesar de as reformas (aparentemente bem sucedidas...) terem avançado no sentido da destruição da Gendarmeria, há muitas vozes discordantes relativamente à solução adoptada. Levanto as minhas preces ao céu para que tanto os relatores do Estudo como os decisores políticos tenham levado ou venham a ter em conta um livro cujo título é bastante sugestivo e que recomendo a quem o não conheça: “LA NOUVELLE POLICE BELGE – Désorganisation et Improvisation” (Bruxelas: Bruylant, 2005. 662 pgs). O seu autor, Lode VAN OUTRIVE, é professor emérito da Universidade de Lovaina, e há mais de vinte e cinco anos que se dedica ao estudo de temáticas policiais.           

sinto-me: rodeado de gente preocupada.
música: concernente, conjuntura
publicado por Zé Guita às 00:19
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Maquiavel a 3 de Fevereiro de 2007 às 16:47
Amigo e camarada Zé Guita Desde os tempos do IAEM que concordo com as opiniões que o camarada vem expondo sobre esta temática. Quanto ao livro que ainda não vi nas livrarias que habitualmente frequento é pena que os nossos decisores sobretudo os políticos ou os seus assessores de ocasião não o leiam para evitarem cometer tantos dislates. Sempre disse que se a transformação da guarda não fosse feita por dentro haveria de vir o dia dia em que seria um ferra-bráz civil que o faria tal como sucedeu com as forças armadas. Ainda se irá a tempo?


De Zé Guita a 5 de Fevereiro de 2007 às 01:03
Caro Maquiavel
É pouco provável encontrar o livro em questão numa livraria em Portugal. Só importando directamente da Livraria Bruylant , em Bruxelas, ou comprando na Amazon .


De Pirata das Berlengas a 5 de Fevereiro de 2007 às 13:38
Caro Amigo,

A improvisação dos Belgas deve ser ainda mais trágica, pois eles nem sequer têm essa grande qualidade dos Portugueses que é a do "desenrasca".

Quanto à eventual "destruição" da Guarda, dúvido que fosse uma boa proposta. Na Natureza, vemos muitas vezes uma "economia" bem mais sensata e eficaz que a dos humanos. Com efeito, quando algo levou tantos anos a primorar como é o caso da GNR, para quê destruir? Porque não efectizar eventuais melhoramentos necessários mas aproveitando o enorme acervo de conhecimentos e "best practices" da Guarda? e, se "de hora a hora, a Guarda melhora", então todos aqueles que, como o meu Amigo, podem propiciar "best practices" e melhores modos de optimizar o que já existe (que é sempre mais económico que criar de novo) força!

O Pirata


Comentar post

.mais sobre mim: ver "Zé Guita quem é"

.pesquisar

 

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. COMPETIÇÃO OU COOPERAÇÃO ...

. DESORGANIZAÇÃO E DESORDEM

. DIA DA INDEPENDÊNCIA NACI...

. A SOCIEDADE ESPECTÁCULO

. ECONOMICISMO, OPINIÕES E ...

. LEITURAS - 2ª Edição

. APROXIMAÇÃO À MATRIZ

. MAIS QUESTÕES CANDENTES

. LEITURAS!!!

. QUESTÕES CANDENTES

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Portal dos Sites

.publog

.Comunidade

Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post