Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2008

POLICIAMENTO E EQUILÍBRIOS

          Actualmente, as acções de polícia deparam-se com situações fortemente dilemáticas acerca das organizações e das atitudes e comportamentos operacionais: o dilema civil/militar; o dilema tradição/modernidade; o dilema polivalência/especialização; o dilema prevenção/repressão...

          São muitas as vozes, lamentos e reclamações em torno da falta de patrulheiros polivalentes -  generalistas -  e da indispensabilidade de formar peritos em certas áreas - especialistas - que, de algum modo, todos têm alguma razão. 

            Na Guarda assume vulto a falta de patrulheiros no serviço territorial, resultado de ter vindo a ser feito grande esforço na indispensável formação de especialistas e no assumir de novas missões no exterior sem o necessário correspondente aumento de efectivos.

            Mostra-se urgente o recompletamento dos postos territoriais, a formação sólida  mais completa e a dignificação dos patrulheiros territoriais polivalentes. 

             Afigura-se obrigatória a formação de especialistas em diversas matérias e, além da sua integração no dispositivo territorial,  a constituição de unidades especiais, com capacidade pericial e podendo actuar em qualquer ponto do dispositivo, em sobreposição das unidades territoriais;  seriam núcleos duros de cada especialização, com capacidade operacional alargada, vectores de inquietação, ninhos de investigação e desenvolvimento e formadores de especialistas.

 

               O policiamento preventivo, tradicional, mais ou menos ostensivo, de vigilância geral, é defensivo e corresponde bastante à  tão propalada idéia da polícia de proximidade. Contribui para a segurança e para a resolução de problemas. Mas não basta para enfrentar a grande e crescente criminalidade.

               O policiamento repressivo, como intervenção intensiva, em operações planeadas e concentrando e coordenando meios especializados sobre alvos específicos configura uma polícia ofensiva. Revela-se imprescindível para enfrentar a criminalidade violenta e organizada.

                É necessário encontrar um equilíbrio entre o policiamento tradicional do patrulheiro polivalente e as grandes operações policiais que integram especialidades coordenadas.

 

 

                 

publicado por Zé Guita às 12:20
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim: ver "Zé Guita quem é"

.pesquisar

 

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. COMPETIÇÃO OU COOPERAÇÃO ...

. DESORGANIZAÇÃO E DESORDEM

. DIA DA INDEPENDÊNCIA NACI...

. A SOCIEDADE ESPECTÁCULO

. ECONOMICISMO, OPINIÕES E ...

. LEITURAS - 2ª Edição

. APROXIMAÇÃO À MATRIZ

. MAIS QUESTÕES CANDENTES

. LEITURAS!!!

. QUESTÕES CANDENTES

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Portal dos Sites

.publog

.Comunidade

Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post