Terça-feira, 15 de Setembro de 2009

UTOPIA E LOUCURA

Na vida do dia-a-dia são prioritárias as preocupações imediatas e dá-se pouco valor aos problemas menos prementes de carácter utópico. Uma vez que não se apresentam como imediatamente úteis, não são claramente assumidos e a utopia é vulgarmente entendida como sonho, algo de natureza quimérica e praticamente irrealizável.

Isto é compreensível no homem comum, mas quando se trata da busca e da produção do conhecimento já é outro o sentido da utopia.

A República, de Platão, a Cidade do Sol, de Campanella, a Nova Atlântida, de Bacon, o pensamento de Rousseau, as ideias iluministas e as teses dos socialistas utópicos são trabalhos respeitáveis do espírito humano. Neste mesmo sentido pode ser incluída A Utopia, de Tomás Morus, que pode ser vista como o sonho de um mundo ideal mas contém larga crítica social.

            Erasmo de Roterdão, em 1509, discursou sobre “O Elogio da Loucura”, que há quem considere obra essencial e um dos mais influentes livros da civilização ocidental. Fica claro que não deve confundir-se insanidade com utopia, uma vez que esta pode ser saudável na sua deriva sonhadora.

Erasmo, admirador de Santo Agostinho, foi um crítico irreverente e sarcástico, tendo-se relacionado com Tomás Morus, o autor de "A Utopia", obra próxima do "Elogio Da Loucura”, e afirmou-se como um dos grandes humanistas do Renascimento.

Apoiado numa sólida visão filosófica, Erasmo denuncia as falsidades, as injustiças, a hipocrisia que vigora entre os humanos. Fazendo de o Elogio da Loucura uma crítica inteligente dirigida ao clero, aos nobres e aos sábios. A loucura de que trata é a da simplicidade, da pureza, da depuração, da pura religiosidade, da honestidade, configurando uma utopia que perdura até hoje. E que apontou como sendo o melhor presente dos deuses aos humanos, pois um louco fala a verdade inconveniente mas é tolerado. Erasmo tem a arte de incomodar ao defender a loucura, afirmando que todos os homens de algum modo são loucos. Induz uma reflexão sobre o real sentido da loucura na sociedade actual, lembrando que Foucault distingue os Loucos "de facto" dos loucos "controlados" ou "socializados", considerando abrangente esta última categoria.

            Mal acabado de sair da adolescência, nos últimos anos da década de cinquenta, caiu-me nas mãos a edição Cosmos de “O Elogio da Loucura”, ilustrada com as gravuras da época impressas a madeira. Foi um deslumbramento, que deixou marcas que perduram até hoje. Tenho impressas a fogo na memória algumas ideias-força:

- Os loucos fazem rir as mulheres;

- É dos loucos que as mulheres gostam mais;

- Os loucos descobrem a aventuram-se por caminhos desconhecidos;

- Os loucos é que inventam as novidades;

- O mundo avança por iniciativa dos loucos!...

            Tudo indica que a humanidade tem de encontrar caminhos para realizar a mudança de civilização em curso.

A Loucura é o motor da Utopia e esta desenvolve o Sonho!

 

sinto-me: nas nuvens
publicado por Zé Guita às 18:32
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim: ver "Zé Guita quem é"

.pesquisar

 

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. COMPETIÇÃO OU COOPERAÇÃO ...

. DESORGANIZAÇÃO E DESORDEM

. DIA DA INDEPENDÊNCIA NACI...

. A SOCIEDADE ESPECTÁCULO

. ECONOMICISMO, OPINIÕES E ...

. LEITURAS - 2ª Edição

. APROXIMAÇÃO À MATRIZ

. MAIS QUESTÕES CANDENTES

. LEITURAS!!!

. QUESTÕES CANDENTES

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Portal dos Sites

.publog

.Comunidade

Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post