Sexta-feira, 18 de Setembro de 2009

A UTOPIA E O SONHO

           

      Fernando Pessoa legou-nos a “Mensagem”, esse pequeno livro portador de formidável conteúdo que, de forma profundamente empolgante, por um lado, celebra a história e as características do cavaleiro andante Portugal, paladino de um utópico Império envolto na bruma do sonho; por outro lado, questiona e invectiva o longo impasse que ensombra os caminhos do seu futuro.

            O Cavaleiro tem a capacidade de sacrifício do Infante Santo: “Cheio de Deus, não temo o que virá, pois, venha o que vier, nunca será maior do que a minha alma.” Aspira a grandeza sonhada por D. Sebastião: “Louco, sim louco, porque quis grandeza… Sem a loucura que é o homem mais que a besta sadia, cadáver adiado que procria?” Ostenta o brilho puro da espada de Nun’ Álvares : “Que auréola te cerca?... Ergue a luz da tua espada para a estrada se ver!” Manifesta sofregamente a ânsia pela descoberta do Infante D. Henrique: “Com seu manto de noite e solidão, tem aos pés o mar novo e as mortas eras”. É capaz de recorrer à vontade férrea de alcançar a meta do Príncipe Perfeito D. João o Segundo: Seu formidável vulto solitário… que fita além do mar.

Os caminhos apontados pela utopia, percorridos por alguns caminheiros loucos, permitem concretizar a oração de Pessoa: “Deus quer, o homem sonha, a obra nasce”. “O sonho é ver as formas invisíveis da distância imprecisa e, com sensíveis movimentos da esperança e da vontade, buscar na linha fria do horizonte… os beijos merecidos da Verdade”.

Na busca do mítico Império, o Cavaleiro assume que “da obra ousada é minha a parte feita … a febre em mim de navegar só encontrará de Deus na eterna calma o porto sempre por achar. Às grandes dificuldades e temores que tal ousadia enfrenta contrapõe-se a determinação necessária: “mais que o mostrengo, que me a alma teme e roda nas trevas do fim do mundo, manda a vontade, que me ata ao leme, de El-Rei D. João Segundo”.

A ousadia nos caminhos do mar acaba por levar a praia aberta, novo ponto de partida e não o fim da viagem: “Dobrado o assombro, o mar é o mesmo: já ninguém o tema!

Tudo vale a pena se a alma não é pequena. Quem quiser passar além do Bojador tem que passar além da dor. … a chama que a vida em nós criou, se ainda há vida ainda não é finda. … A mão do vento pode erguê-la ainda.

“Ser descontente é ser homem. … António Vieira, no imenso espaço seu de meditar, constelado de forma e de visão… é luz do etéreo. … Que jaz no abismo sob o mar que se ergue? Nós, Portugal, o poder ser. … É a hora!”

Para ir além do mar, o mar é o caminho: Navegar é preciso e pelo sonho é que se vai.

 

sinto-me: inspirado
publicado por Zé Guita às 03:42
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim: ver "Zé Guita quem é"

.pesquisar

 

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. COMPETIÇÃO OU COOPERAÇÃO ...

. DESORGANIZAÇÃO E DESORDEM

. DIA DA INDEPENDÊNCIA NACI...

. A SOCIEDADE ESPECTÁCULO

. ECONOMICISMO, OPINIÕES E ...

. LEITURAS - 2ª Edição

. APROXIMAÇÃO À MATRIZ

. MAIS QUESTÕES CANDENTES

. LEITURAS!!!

. QUESTÕES CANDENTES

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Portal dos Sites

.publog

.Comunidade

Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post