Quinta-feira, 1 de Abril de 2010

FOLHEANDO - XII

Mitologia da Saudade e Portugal como Destino em Eduardo Lourenço

O incontornável ensaísta Eduardo Lourenço tem vindo desde há anos a questionar estas ideias, numa psicanálise predominantemente céptica, reduzindo-as à mitologia.

Na análise da professora Maria das Graças Moreira de Sá, da Universidade de Lisboa, “Eduardo Lourenço: Teixeira de Pascoaes e a Saudade”: “A essência da tese defendida por Eduardo Lourenço, como grande ensaísta da literatura e cultura portuguesa da nossa contemporaneidade, tem sido a da irrealidade das imagens que de nós próprios fomos construindo ao longo dos tempos, que se enreda num complexo nó afectivo, por vezes labiríntico, a que o ensaísta acaba por chamar Saudade. Não admira, pois, que esse sondar pela nossa cultura … termine sempre num apelo, directo ou indirecto, à reinvenção de uma imagem em que nos possamos rever em termos realistas, ou seja, de uma imagem à nossa medida, de pequeno País no ocidente da Europa, com todos os condicionalismos daí decorrentes, sem «ressentimentos fúnebres» ou «delírios patológicos».

Em O Labirinto da Saudade (1978) afirma que «Chegou o tempo de existirmos e nos vermos tais como somos».

Em A Nau de Ícaro seguido de Imagem e Miragem da Lusofonia (1996), sobre uma comunidade de povos de língua portuguesa, conjectura: “Mas para que … tão sedutora expectativa … se cumpra de olhos abertos devemos saber … que espécie de sonhos a alimentam, que motivos e interesses lhe permitem dar uma forma diferente da de ficção exaltante ou consoladora.

O sonho de uma CPLP … é por natureza – que é sobretudo história e mitologia – um sonho de raiz, de estrutura, de intenção e amplitude lusíada. Não digo portuguesa …

Só para nós, portugueses, a lusofonia e a mitologia da CPLP é imaginada como uma totalidade ideal … Uma língua … É um ser espiritual vivo, intrinsecamente mortal, no meio de outras línguas … A CPLP … seria um refúgio imaginário”.

            Em Portugal como Destino (1998) declara que «Portugal está agora em situação de se aceitar como foi e é, apenas um povo entre os povos.

            Torna-se saliente, no entanto, aquilo que Eduardo Lourenço trata como imagens irrealistas, avançando juízos de valor sobre poetas e escritores portugueses, penetrando no imaginário saudosista de Teixeira de Pascoaes, interpretando a sua concepção de Saudade; e que considera ser a «obsessão temática capital do século XIX: a de repor Portugal na sua grandeza ideal tão negada pelas circunstâncias concretas da sua medíocre realidade política, económica, social e cultural». Para o autor, Pascoaes e Pessoa imaginaram um destino intemporal para Portugal.

Afigura-se, assim, que a análise de Eduardo Lourenço não afasta o sonho e o mito do Quinto Império, antes reconhece a dinâmica de factores espirituais no projectar de uma portugalidade universalista e duradoura, como forma de basear uma estratégia para sair de grandes crises nacionais.

(Eduardo Lourenço - O Labirinto da Saudade, Psicanálise Mítica do Destino Português. Lisboa: Gradiva, 2000. A Nau de Ícaro seguido de Imagem e Miragem da Lusofonia. Lisboa: Gradiva, 1999. Portugal como Destino seguido de Mitologia da Saudade, Lisboa, Gradiva, 1999)

 

publicado por Zé Guita às 23:21
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim: ver "Zé Guita quem é"

.pesquisar

 

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. COMPETIÇÃO OU COOPERAÇÃO ...

. DESORGANIZAÇÃO E DESORDEM

. DIA DA INDEPENDÊNCIA NACI...

. A SOCIEDADE ESPECTÁCULO

. ECONOMICISMO, OPINIÕES E ...

. LEITURAS - 2ª Edição

. APROXIMAÇÃO À MATRIZ

. MAIS QUESTÕES CANDENTES

. LEITURAS!!!

. QUESTÕES CANDENTES

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Portal dos Sites

.publog

.Comunidade

Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post