Quarta-feira, 16 de Fevereiro de 2011

O INCÊNDIO ALASTRA

 

 

     No alvor dos anos 30 do século XX, em plena crise económica da Grande Depressão, antes da confrontação bélica, Winston Churchill escreveu um poderoso “Apelo à Nação”: “Apoiem as nossas Forças Armadas!” Perante a ameaça crescente do totalitarismo nazi, alertou repetidamente a Nação, mas os avisos caíram nas orelhas moucas dos políticos e a II Guerra tomou conta do Mundo, com custos em vidas e dinheiro muito superiores aos que poderiam ter diminuído ou mesmo evitado a confrontação bélica.
     O mundo de hoje é um lugar extremamente perigoso, em evolução caótica e vertiginosa. É obrigação primeira de qualquer governo defender a Nação, os cidadãos e os seus interesses vitais. O incêndio já lavra no Médio Oriente, alastra velozmente pelo Norte de África e não vai poupar Portugal nem esperar nem dar tempo para rearmar.
     Sendo certo que o grande conflito, cuja hipótese é cada vez mais provável que se realize, não é previsível travar-se entre forças armadas clássicas, urge cuidar da Segurança e da Defesa do Estado nos lugares, pelos modos e meios adequados. Não sendo belicista, recusando o militarismo, há que permanecer patriota e realista. Sem ignorar a importância das Forças Armadas, garantir a Segurança Interna é uma forma indiscutível de afirmar soberania
     Desguarnecer e desorçamentar as Forças e os Serviços de Segurança é caminho suicidário.
    Numa conjuntura em que o Exército territorial tem vindo a reconverter-se em unidades projectáveis, desmilitarizar, civilinizar ou extinguir a GNR atrás do mito de uma polícia única, com base em argumentação ilusoriamente economicista ou fanaticamente antimilitarista, é destruir a única  Força de Segurança com um dispositivo militar de quadrícula presente em todo o território e nas áreas costeiras nacionais.
     É tempo de alertar os cidadãos para a importância da Guarda como esteio militar da Segurança Interna e força colaborante da Defesa solidamente implantada no terreno e junto das populações.
     Há que apelar à Nação: Apoiem as Forças e Serviços de Segurança em geral e a Guarda Nacional Republicana em especial!

publicado por Zé Guita às 23:17
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim: ver "Zé Guita quem é"

.pesquisar

 

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. COMPETIÇÃO OU COOPERAÇÃO ...

. DESORGANIZAÇÃO E DESORDEM

. DIA DA INDEPENDÊNCIA NACI...

. A SOCIEDADE ESPECTÁCULO

. ECONOMICISMO, OPINIÕES E ...

. LEITURAS - 2ª Edição

. APROXIMAÇÃO À MATRIZ

. MAIS QUESTÕES CANDENTES

. LEITURAS!!!

. QUESTÕES CANDENTES

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Portal dos Sites

.publog

.Comunidade

Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post