Domingo, 23 de Outubro de 2011

ECONOMICISMO, OPINIÕES E PARECERES

Vem a propósito uma entrevista com Moita Flores, no Jornal de Negócios, acerca da grandemente mediatizada questão dos Serviços de Informações, onde mais uma vez se constata haver entidades responsáveis que encaram os custos da segurança como assunto de gestão corrente. Acontece porém que tal não é assim.

Alguns princípios fundamentais na relação Economia/Segurança:

-- A Segurança "não tem preço"!

-- Os Custos da Segurança englobam Investimentos somados com Perdas.

-- Investimentos mais baixos implicam descida no Grau de Segurança, dai mais perdas.

-- Maiores Investimentos permitem subir o Grau de Segurança, dai menos Perdas.

-- A subida dos Custos com Investimentos em Segurança é mais do que proporcional, isto é, a subida do mesmo Grau de Segurança implica subida de Custos em termos exponenciais: assim, obriga a balancear com muito cuidado a relação Investimentos/Perdas, designadamente a fazer com clareza a avaliação do Risco Aceitável.

Tudo isto recomenda a conveniência de ter muito cuidado com os esforços economicistas para baixar Custos com a Segurança, que é um dos fins do Estado. Os Órgãos de Soberania que não conseguem garantir a Segurança das populações perdem a legitimidade.

Tratando-se de matéria com interesse vital para o Estado, não deve ser orientada a nível do cidadão comum nem mesmo de "fazedores de opinião", nem sequer por políticos "de serviço", mas antes trabalhada por especialistas não apenas em Economia mas muito também em Segurança.

Mas acontece que todo o mundo se abalança a exprimir "opinião" sobre os assuntos mediáticos: mais raros são os especialistas capacitados para emitir "parecer" com avaliação técnica suficientemente fundamentada. Tal desequilíbrio favorece o reforço da desordem pública.

publicado por Zé Guita às 09:59
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim: ver "Zé Guita quem é"

.pesquisar

 

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28

30
31


.posts recentes

. COMPETIÇÃO OU COOPERAÇÃO ...

. DESORGANIZAÇÃO E DESORDEM

. DIA DA INDEPENDÊNCIA NACI...

. A SOCIEDADE ESPECTÁCULO

. ECONOMICISMO, OPINIÕES E ...

. LEITURAS - 2ª Edição

. APROXIMAÇÃO À MATRIZ

. MAIS QUESTÕES CANDENTES

. LEITURAS!!!

. QUESTÕES CANDENTES

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Portal dos Sites

.publog

.Comunidade

Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post